segunda-feira, 4 de junho de 2012


Como tudo começou(e terminou)...









Numa quarta a feira a noite passei mal e fui p hospital, chegando la, o medico obstetra constatou que eu tava em trabalho de parto ja com 8 de dilatação e com apenas 20 semanas e 6 dias, ele conversou comigo, falou que eu ficaria internada o tempo que eu conseguisse segurar o nene pq a bolsa ainda tava intacta apesar das contrações e da dilatação, e tbm logo deixou claro, que se o nene nascesse nao teeria nada mais a ser feito, pois nao teria pulmão maduro suficiente p respirar, mas que em todo caso , taria com um leito na UTI neo reservado. 
Bom, passei a noite de quarta e o dia de quinta um pouco melhor, sem levantar pra exatamente nada, banho de leito, urinando naquela coisa horrivel que chamam de comdare,comendo o minimo possivel e com as pernas suspensas... 
Na noite de quinta as dores voltaram piores ainda, daii depois disso so piorou, quinta a noite, sexta o dia todo e a noite , foi a pior coisa do mundo. 
Fui muito bem atendida no hospital aqui, as enfermeiras e medicos monitorando eu e meu bebe o tempo todo... 
me medicaram o tempo todo p evitar as dores e eu tava tomando inibidor, pra retardar o parto. 
Bom, quando chegou o sabado de manha,eu tava com as dores mais fortes e mais frequentes, mas apesar da frequencia , nao tinham ritmos que pudessem ser levado em conta , ora era uma dor atras da outra, e ora tinha por cerca de 15 minutos de diferença... 
quando foi por volta de 8 e 40 da manha, senti a dor mais forte de todas, desde que dei entrada no hospital, e senti que meu nene ja estava quase saindo, eu ainda estava no pre parto, chamei o medico e pedi p me ajudar pq eu achava que ja tava nascendo... 
O medico veio e disse, vou fazer o toque pra ver como tah, no que ele fez o toque, a bolsa ja tinha estourado, mas o liquido ainda não tava saindo, quando ele fez o toque, o liquido saiu... 
Ele olhou p mim e disse, a bolsa estourou, como se eu nao tivesse sentido néé? 
Enfim , ele falou p mim assim , a proxima dor forte que vc sentir, vc faz uma força bem comprida e se virou p ir buscar as coisas, pq nem me levariam p mesa de parto pq nao daria tempo, quando ele se virou que ia chegando na porta, a dor veio com tudo e eu gritei AAAIII, ele voltou ligeiro, eu fiz uma força só e o nene nasceu. 
Nasceu viva, linda , perfeita, parecidissima com meu marido, mas infelizmente nao teve força p respirar sozinha e em menos de 5 minutos veio a obito... meu mundo desabou, perdi o chão, chorei que nem condenada, me senti a pior coisa do mundo... 
Agora to aqui, com um começo de enxoval, ter que fazer a dieta,me cuidar, passei por um aprto, e nao tenho um nene pra eu cuidar... 
Minha Bonequinha de porcelana agora virou um anjinho, está morando ao lado de Deus...mas Deixa muitas saudades de dores... queria muito ter ela em meus braços...
1

1 comentários:

A dor da perda...Ester e Julia minhas anjinhas. disse...

Daay minha amiga não peça desculpas por se lamentar desta forma pois sei de sua dor, e costumo dizer que não a comparativos para este tipo de dor de quantas vezes se nasceu se não ser mãe de anjo é exatamente isso sentir esta dor emocional que dilacera a alma e o coração...Isto coloque suas esperanças em uma irmanzinha para sua anjinha pois é o que tem me fortalecido uma gestação futura essa dor só vai se amenizar com um bebe nos nossos braços...é muito facil ser amigo na alegria mais as verdadeiras amizades nascem na dor um enorme abraço conte sempre comigo sei como é dificil por que nete primeiro momento todos evitam nos ouvir achando que tocar no assunto é pior e não percebem que precisamos falar chorar sabe tem dias que eu choro uma hora soluço grito questiono e adormeço vendo a foto da minha princasa...Desabafe mesmo não guarde nada beijinho se precisar to aqui .

Postar um comentário